Como escolher sua bike

 Existem várias categorias de bikes, cada uma com funções e performance bem diferente umas das outras. Dividimos em passos para ajudar na escolha.

1° - Defina o uso

  • Urbano / Trabalho / Escola / Faculdade / Viagens / Recreativo / Versáteis 
  • Montanhismo / Mountain Bike
  • Estrada / Speed / Competição / Alta velocidade / Triatlo
  • Infantil

2° - Defina o tamanho

  • Altura do cavalo
  • Mountain Bike
  • Speed
  • Novas numerações
  • Bike Fit

3° - Defina a frequência de uso

  • Esporádico / raramente
  • Diário
  • Alta performance

 

Defina o uso

Urbano / Trabalho / Escola / Faculdade / Viagens / Recreativo / Versáteis

Bicicletas ótimas para estradas pavimentadas, pois possuem pneus mais finos, que oferecem maior desempenho por terem menor atrito com o solo. Bikes confortáveis e práticas para quem percorre curtas distâncias. Desenvolvidas para locomoção dentro dos centros urbanos, são ideais para ir trabalhar, estudar e até mesmo se divertir em praças e parques.

Montanhismo / Mountain Bike

Bicicletas para se aventurar em qualquer tipo de terreno: asfalto, estrada de terra, trilhas, montanhas, cicloviagens e até mesmo um simples passeio no parque. Possuem diversas combinações de marchas tanto para terrenos íngremes e de subida longa, quanto para terrenos mais planos que exigem maior velocidade.

  • (Tamanho Mountain Bike) 

 

Estrada / Speed / Competição / Alta velocidade / Triatlo

Bicicletas de alto desempenho para rodar com alta velocidade no asfalto. Possuem pneus finos, estrutura rígida e aerodinâmica. Com marchas mais pesadas, o usuário pode desenvolver velocidades muito altas em terrenos lisos e planos. Ideal para competições de alta velocidade e é o mesmo tipo de bicicleta usada em competições como Volta da Franca e Copa América. Para garantir alto desempenho a posição de pedalada não é aconselhada para cicloviagens, pois pode ser desconfortável para muitos usuários.

  • (Tamanho Speed) 

 

Infantil

Bicicletas menores e com uso de cores e formas para estimular o interesse das crianças e tornar o momento da pedalada mais memorável.

 

Tamanho

Dica inicial

Se estiver em dúvida quanto ao tamanho, rode na bike de algum amigo que tenha o quadro do tamanho que você pretende adquirir. Quadros menores são mais ágeis e leves. Quadros maiores são mais estáveis e confortáveis em pavimentos imperfeitos.

Normalmente cita-se primeiro a medida do tubo vertical e depois a do tubo horizontal, exemplo, 54 x 55 cm. Quando vemos apenas uma medida descrita, entende-se como sendo os dois tubos do mesmo tamanho (nesse caso, chamado de quadro quadrado). Para medir o tamanho de um quadro sloping – aqueles com o tubo horizontal inclinado para trás, como por exemplo nas Giant TCR – despreze a sua inclinação. Tire a medida com a fita métrica paralela ao chão.

A altura é o mais importante no quadro. O comprimento pode ser ajustado trocando-se a mesa. O mercado oferece opções de mesa que vão dos 7 aos 14 cm, com incrementos de 0,5 em 0,5 cm.

Atenção: alguns canotes de selim têm marcações que indicam o limite de regulagem. Não ultrapasse os limites! Se na sua bike esses limites ficarem expostos é sinal evidente que a bike está pequena para você.

 

Saiba seu cavalo

Para bicicletas, a altura do cavalo é muito mais importante que a estatura do indivíduo, pois cada pessoa pode ter diferentes proporções das pernas em relação ao tamanho total do corpo.

  1. Fique descalço, de pés juntos e de costas para uma parede.
  2. Faça a medição entre o chão até a região que será apoiada no selim.

 

Para Mountain Bikes

  • Fique descalço, de pés juntos e de costas para uma parede;
  • Faça a medição entre o chão até a região que será apoiada no selim;
  • Esta será a altura do seu cavalo.

 

Pegue o tamanho do cavalo e transforme em polegada (dividir por 2,54)

Subtraia 14

Pronto! Este é o tamanho aproximado do seu quadro

(Tamanho do Cavalo : 2,54) – 14 = Tamanho aproximado do quadro

 

Tamanho de Aro

 26”: Há muitos anos elas predominaram no mercado e também provocaram frenesi quando foram lançadas, concorrendo com as clássicas Aro 700. O mountain biking se desenvolveu mundialmente com pilotagem em bicicletas Aro 26”. Apesar da grande procura pelas novas medidas, estas bicicletas ainda tem muitos fãs e adeptos.
29”: Alguns dizem que elas são melhores em trechos planos e absorvem melhor os obstáculos em descidas, porém o rendimento seria pior nas subidas. Conversando com várias pessoas que pedalavam em bikes aro 26” e que agora pedalam uma aro 29”, percebemos que não há unanimidade. Porém, atualmente a maioria dos mountain bikers já aderiram às Aro 29”.
27,5” - Meio termo: Elas estão chegando agora ao mercado e seriam um meio termo: ágeis como as 26” e velozes como as aro 29”.

 

Para Speed

  • Fique descalço, de pés juntos e de costas para uma parede.
  • Faça a medição entre o chão até a região que será apoiada no selim.

(Formula desenvolvida pelo engenheiro suíço Wilfried Hüggi)

Pegue o tamanho do cavalo e multiplique por 0,65 cm.

(Medida do Cavalo) x 0,65 = Medida aproximada do tamanho do quadro.

O valor encontrado será o tamanho aproximado do quadro ideal para o ciclista. Ex.: Um ciclista que tem o cavalo na altura de 83 cm, deverá se adaptar melhor ao quadro de tamanho 54, já que 83 X 0,65 = ~54.

No Brasil é raro encontrar quadros com numeração ímpar e o jeito é adquirir um tamanho de quadro aproximado. Arredonde esse valor para menor para uma bike mais ágil e esperta, arredonde-o para maior e você terá uma bike mais confortável e estável, boa para os cicloturistas.

Tente primeiro um quadro menor, se após fixar a altura do selim, o canote ficar muito exposto, é melhor então adquirir o quadro imediatamente maior.

 

Nova numeração

Atualmente, muitas marcas utilizam a numeração S, M, L, XL (como em roupas) em vez da numeração em polegadas ou centímetros. A primeira speed a adotar este sistema foi a taiwanesa Giant, depois outras adotaram o método, entre elas as mountain bikes da Scott.

A tendência é que cada vez mais os quadros se tornem menores e o canote de selim e a mesa se torne mais comprida, diminuindo assim o tamanho do quadro e consequentemente o peso do conjunto.

No Brasil, a maioria das bicicletas são produzidas no tamanho intermediário (17 ou 18) para satisfazer à maioria da estatura de nossa população. Certifique-se do tamanho que você necessita para não comprar um quadro que não é adequado a você. Previna-se também contra maus vendedores que se preocupam em empurrar peças que ele tem em estoque. Pesquise em pelo menos três lugares diferentes antes de fechar negócio. Se em sua cidade você só tem uma loja de bicicletas, viaje para uma cidade pouco maior e continue a pesquisa.

Lembre-se: o quadro é o componente principal de uma bike e na maioria das vezes, o mais caro também. Escolha bem para não ter que trocar depois!

Última dica

Se você procura uma boa bicicleta, que se adapte bem ao seu corpo, evite comprá-la em supermercados. Bicicletas devem ser adquiridas em lojas especializada, que tenham um pessoal treinado para atender bem e esclarecer as dúvidas dos clientes.

 

Bike Fit (Em Breve!)

Bike Fit é um ajuste feito por profissionais especializados que utilizam as medidas do próprio corpo do ciclista para ajuste milimétrico, oferecendo melhor desempenho e conforto para ciclista.
Saiba mais com o vídeo feito pela Equipe do “Onde Pedalar”.

https://www.youtube.com/watch?v=f3hIPBk-g_g

http://ondepedalar.com/pt/iniciantes/bike-fit-caseiro-dicas-de-como-ajustar-sua-bike-ao-seu-corpo

 

Defina a frequência de uso

 

  • Esporádico / raramente
Se pretende usar a sua bike esporadicamente e para fins recreativos, preze por economia e equipamentos mais robustos, que demandam pouca manutenção.
  • Diário
Preze pelo conforto e equipamentos que terão o ajuste perfeito no seu corpo. Quanto mais confortável for a bicicleta, menos desgaste você terá ao longo dos dias. Opte por algo que esteja de acordo com seu estilo e tente investir o máximo que esteja disposto para melhorar sua qualidade de vida.
  • Alta performance
Qualidade, performance e preço são elementos diretamente proporcionais. A regra é simples: quanto mais for investido, melhor será a performance da bike para ciclista.
 

Tendo em mente o tanto que você precisa da bike, defina o maior valor que esteja disposto a investir e adquira os melhores equipamentos que conseguir. Garantimos que voltará na Ciclovia Bicicletas, pois possuímos as melhores opções de estilo, preço e qualidade do mercado!

 

Para todos os nossos clientes - Agradecemos o seu interesse e boas compras!

Equipe Ciclovia Bicicletas
39 anos de confiança e tradiç&atild

Topo